O que é uma crise de ansiedade?

É normal que você fique ansioso de vez em quando. Há situações na vida em que não dá mesmo pra evitar. No dia do meu casamento fiquei ansioso. Quando estava aprendendo a dirigir fiquei também com a ansiedade à flor da pele.

Crianças, por exemplo, ficam ansiosas às vésperas de uma festinha de aniversário de um coleguinha. Ficam hiperativas, não param de falar sobre o assunto, podem ficar irritadas porque a festa não chega logo.

Adolescentes também sofrem, e muito, com a ansiedade. Ainda mais quando se pensa que nessa época ocorre a descoberta da sexualidade e a atração pelo sexo oposto. Muitas são as dúvidas, medos e inseguranças que levam um adolescente comum a ter uma crise, ou mais, de ansiedade.

Na vida adulta então, nem se fala! É cada vez mais comum devido ao estresse a à correria do dia-a-dia ouvirmos falar de fulano que teve um ataque de pânico, sicrano que ficou sem ar no elevador, beltrano que sentiu um “bolo” no peito, palpitações e uma angústia terrível enquanto dirigia de volta pra casa após um dia de trabalho.

Veja quantas coisas acontecem na nossa vida que podem sim desencadear crises de ansiedade.

Contudo, quando isso passa a incomodar você em situações cotidianas tidas como normais, quando a ansiedade fica muito frequente, essa é a hora de tomar cuidado pra que ela não controle a sua vida

No ano de 2016 a mídia noticiou fortemente uma crise de ansiedade vivenciada pela atriz Cleo Pires. Ela teve uma crise que ela mesma classificou como “crise de ansiedade generalizada”. Veja o vídeo abaixo:

Crise de ansiedade é um nome genérico. Na verdade existem vários tipos de transtornos de ansiedade.

Você pode ter tido um episódio isolado de ansiedade, como a Cléo Pires diz que teve no caso acima, como também pode ter episódios constantes, de maneira que esses episódios atrapalhem significativamente sua vida normal.

2 transtornos de ansiedade muito comums são a síndrome do pânico e o transtorno de ansiedade generalizado – TAG. São bem diferentes, sendo que a síndrome do pânico costuma ser bem mais forte, mais traumática, do que o TAG.

Mas como saber a diferença entre uma simples crise de ansiedade e um transtorno mais sério?

Clique aqui e veja quais são os sintomas da ansiedade.